Planeta América Latina - Eventos, Promoções e Novidades!

Confira os eventos, promoções e novidades em sua cidade. Aqui, no Planeta América Latina!

Encontro com artistas no SESC - Resistências Ancestrais

Encontro com artistas no SESC - Resistências Ancestrais

Encontro com artistas: Resistências Ancestrais Com Patrícia Araujo, Valentina D'Avenia e Jonas Van Holanda

Roda de conversa entre os artistas Jonas Van Holanda, Patrícia Araujo e Valentina D'Avenia, integrantes da exposição Lastro Travessias Ocultas, mediada pelas curadoras Beatriz Lemos e Catarina Duncan, em que serão abordados processos de residência, desenvolvimento dos trabalhos expostos e, principalmente, eixos conceituais de cada projeto de pesquisa.

Palavras Chave: sagrado, profano, tradução, oráculo, anunciação, retórica, dúvida, tempo, diálogo, tabus, absurdo, resistência, gênero

Patrícia Araujo:
Nasceu em Fortaleza e vive em São Paulo desde 2009. É mestra em Artes Visuais pela ECA-USP. Investiga as relações do corpo diante de situações de borda, estabelecendo diálogos entre dimensões íntimas e políticas a partir de instalações, ações e jogos. Realizou sua primeira exposição individual "O corpo é eu: diários sobre a distância" em 2014, na Galeria Zipper (SP). Em 2015 participou da coletiva "Zona de litígio" no Museu de Cultura Cearense, em Fortaleza. Em 2016 foi selecionada para o "67o Salão de Abril", participou das coletivas "Quadro, desquadro, requadro" durante o Arte Atual Festival, no Instituto Tomie Ohtake e "Sempre Algo Entre Nós" no Sesc Belenzinho. No final de 2016 participou da Residência Artística "Travessias Ocultas" pelo projeto "Lastro - Intercâmbios livres em artes", em que viajou com mais 7 artistas por um mês pela Bolívia. Este ano foi selecionada para a "Bienal Del Sur" participando da coletiva "Pensamiento Salvaje", em Buenos Aires e também participou da coletiva "Respirar sem oxigênio" na Galeria Millan (SP). Atualmente é docente do curso de graduação em Audiovisual do Senac.

Valentina D'Avenia:
Mestre em História da Arte Contemporânea com especialização em « Sciences Historiques de la Culture » na Universidade de Lausanne em 2016, Valentina é pesquisadora através de meios variados nos campos da arte, na construção, loucura, medicina, feminismo e religiões marginalizadas.
Premiada pela Associação dos Historiadores e Historiadoras de Arte da Suíça em 2014, Valentina foi também responsável pelo espaço de arte contemporânea Le Cabanon em 2014-2015, fez parte da reconstrução do espaço de arte Tunnel Tunnel em 2015 e produziu projetos artísticos e tecnológicos entre a Suíça e o Brasil para o swissnexbrazil em 2015-2016. O ano passado ela participou no colóquio "Art Brut et enjeux critiques" em Lausanne, a uma residência na Bolívia com o Lastro Em Campo.
Ela trabalha atualmente com o escritor Jaques Roman, com o colecionador James Brett, e como estagiária na fundação suíça pela cultura Pro Helvetia num programa especificamente focada em trocas com quatro países sul americanos.

Jonas Van Holanda:
É artista, pesquisador de interferências e trânsitos poéticos além de alquimista vegetal. O seu trabalho é baseado em subverter relações semânticas e criar novas identidades para os organismos minerais, vegetais e animais. Estudou Artes Visuais na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro). Recentemente ganhou o prêmio Energias da Arte (EDP) 2016, pelo Instituto Tomie Ohtake em SP, com a pesquisa "o mar marée bateau" realizado com os pescadores de Cascavel no Ceará. Entre suas exposições mais recentes destacam: 5ª edição do Prêmio Energias na Arte no Instituto Tomie Ohtake (São Paulo), SESC Consolação, Lastro em Campo (São Paulo) com o trabalho "eje=piedra", Caixa Preta, Paralaxe com o trabalho" cosmopuerto" (Rio de Janeiro), Casa de Artes de Paquetá (Rio de Janeiro) com o coletivo Transburger e Sandwich Generation no Capacete (Rio de Janeiro) Em 2016 publicou "duas luas em um céu vermelho" pela editora Rébus (Rio de Janeiro). Trabalhou na 32ª Bienal de São Paulo na obra-restaurante Restauro de Jorge Menna Barreto. Esteve recentemente na residência LASTRO na Casa Matony, em La Paz, Bolívia e estará no Centro de Investigação Artística HANGAR em Lisboa, Portugal em residência até maio.

(Foto: Beatriz Lemos)


Duração: 120 minutos.
Local: Foyer do Teatro.


SERVIÇO:

QUANDO: Sábado, 28 de abril às 15:00h
ONDE: Sesc Bom Retiro
Alameda Nothmann, 185 - Bom Retiro, São Paulo - SP, 01216-000
FONTE: sescsp.org.br/programacao