Planeta América Latina - Eventos, Promoções e Novidades!

Confira os eventos, promoções e novidades em sua cidade. Aqui, no Planeta América Latina!

Jennifer Salinas lançou vídeo clipe contra o abuso sexual infantil

Jennifer Salinas lançou vídeo clipe contra o abuso sexual infantil

A campeã mundial atual da categoria super galo de boxe, lançou o vídeo clipe de protesto e reflexão sobre o tema.

 


A boxeadora boliviana Jennifer Salinas lançou o vídeo clipe da canção 'Que te atraiu a mim', que trata sobre o abuso sexual infantil, o vídeo tem objetivo de prevenir estes casos na sociedade.

“Se estima que oito de cada dez casos de abusos sexuais são realizadas por familiares”, frase de fundo no início do vídeo, com destaque entre muitas outras notícias que falam da violência.

É por isso, que a boxeadora espera que a mensagem possa ser espalhada e possamos trabalhar juntos para conseguir mudar este quadro. "Se conseguirmos prevenir pelo menos um caso de abuso sexual, todo este trabalho terá valido a pena", escreveu em seu perfil de Facebook Salinas.

"Este tema surgiu depois de conhecer a notícia de um bebê de nove meses que faleceu depois de ter sido estuprado. Chorei muito e quando me dei conta minhas emoções começaram a reflexionar na melodia", indicou a boxeadora em sua conta do YouTube.

A campeã mundial atual da categoria super-galo revelou o ano passado que foi vítima de abusos com cinco anos de idade. Numa entrevista na rede Uno (Tv. boliviana), Jennifer contou que o indivíduo era próximo a sua família e que atualmente vive na cidade de Santa Cruz (Bolívia), onde supostamente abusou de outras menores e inclusive esteve preso na penitenciária acusado de violentar uma de suas filhas que sofria de problemas mentais.

"Sou sobrevivente de abuso sexual infantil. Isso me levou ao boxe, mas antes que boxeadora, sou mulher e fui menina. Roubaram-me a inocência, minha música é um protesto!!! Quero chegar as pessoas que não sabem como é viver com este sentimento, no fundo da nossa solidão, a raiva, a loucura... no meu caso a maior motivação para lutar, lutar na briga que não consegui lutar antes", finalizou a boliviana.

 

fonte: eldeber.com.bo