Tv. Planeta América Latina
Bem vindo
Login / Registrar

Entrevista com Diego Ribadeneira, Embaixador do Equador em Brasil

Obrigado! Mostre para seus amigos!

URL

Você detestou este video. Obrigado pela sua opinião!

Sorry, only registred users can create playlists.
URL


Adicionado em by Antonio em PERSONALIDADES INSTITUIÇÕES TURISMO
1 Visualizado

Descrição

Diego Ribadeneira, Embaixador do Equador em Brasil, confirma como as culturas dos povos latino-americanos são fator de integração da região, e como os produtos equatorianos conquistam nichos de alto valor agregado no mercado brasileiro.

(Embaixador realiza suas funções em Brasília desde o dia 29 de janeiro de 2018).

Produtos equatorianos ocupam nichos de valor agregado no mercado brasileiro.

A autoridade destacou a importância comercial que tem o Brasil para o Equador, no mês de maio de 2018 o Brasil começou a importa produtos de alto valor agregado do Equador, a exemplo do "Camarão e Banano equatoriano" na atualidade comercializados no mercado europeu.

O Equador compra produtos do Brasil num valor de 830 Milhões de dólares por ano, em contra partida o Brasil compra produtos do Equador um valor de 123 Milhões de dólares por ano. Neste universo comercial o Equador tem um déficit comercial de 700 Milhões de dólares por ano. As novas importações do “camarão e banano equatoriano” ajudarão a mudar o ambiente comercial entre ambos países.

O camarão equatoriano vende 2 Mil Milhões de dólares por ano no mundo todo. Além do “camarão e o banano”, o Brasil consome a 20 anos o “atum e o cacau equatoriano” como também a “quinua” que chega do Peru e da Bolívia, o Equador também quer participar deste mercado.

Turismo equatoriano

O turismo ocupa destaque prioritário da economia equatoriana, turismo destino considerado uma das melhores opções do mundo. O Equador não deseja que o turista brasileiro compre produtos só em Miami, o Equador deseja que o turista brasileiro conheça cidades coloniais equatorianas como Quito e Cuenca, cidades consideradas patrimônio da humanidade. Sem esquecer o destino mais visitado que são as ilhas de Galápagos, santuário da humanidade. O Equador tem também cidades amazônicas com semelhanças à Amazônia brasileira, finalizando com a exuberância de praias que tem sido descobertas pelos turistas brasileiros.

Ponto positivo do turismo equatoriano esta concentrada na boa acolhida e receptividade que tem os turistas brasileiros pela população equatoriana, característica singular que salta aos olhos do visitante, “... é uma gente que identifica-se muito com o Brasil, é com os brasileiros, um fenômeno muito interessante... como no tema do futebol, todos são torcedores da seleção Brasileira, como se fossem brasileiros... é por que tem um carinho especial pelo Brasil e pelos brasileiros...” foram as palavras do embaixador equatoriano que define o carinho que tem o povo equatoriano pelo Brasil.

Atualmente o Equador recebe 19 Mil turistas brasileiros por ano, suas autoridades trabalham para que estes números cresçam exponencialmente.

Valorização da mulher.

Ribadeneira reflexiona também como a mulher tem participação no fortalecimento dos povos latino-americanos. A mulher no Equador tem participação histórica já que em 1929 foi o 1º país da região em permitir o voto universal das mulheres. A mulher tem sido foco dos governos do Equador a mais de 200 anos, atualmente não poderia ser diferente com programas de gênero em todas as instituições do Equador.

Temos que ressaltar que o Equador no ano 2000 nomeou a primeira Chanceler indígena, Nina Pacari (Cotacachi, Equador, 1961), são precedentes de promoção e defesa de gênero, destaque que se espelha aqui em São Paulo com a participação feminina equatoriana, com Veronica Barahona, Vice-Cônsul do Equador em São Paulo - SP. São motivos que evidenciam a importância que da o Equador as mulheres. O trabalho com a mulher é muito importante, uma forma de respaldo permanente já que a mulher é leal e muito responsável, ela enxerga as coisas desde um ponto de vista diferente, desta maneira trabalhar com elas da muita tranquilidade e segurança “... cada um de nós esteve durante 9 meses dentro de uma mulher, isso nos faz ver a importância que tem elas na sociedade, e no mundo atual...” complementou a autoridade equatoriana.

Integração dos povos latino-americanos.

Na integração latino-americana o Equador tem participação estrutural, já que acolhe na cidade de Quito a sede da União das Nações Sul-americanas – UNASUL. O embaixador equatoriano destacou também a importância da cultura latino-americana como elemento de integração dos povos, acredita que a cultura é fator de integração dos povos, a cultura não tem idioma, uma música conquista qualquer tipo de sociedade mesmo sem entender a letra que pode ser em, espanhol, português, inglês, aimará ou quíchua.Em agosto deste ano chega em SP, Diego Carneiro como diretor da Orquestra Sinfônica Juvenil do Equador, (Diego carneiro tem nacionalidade brasileira). Também chegará no Brasil neste ano, o Pianista equatoriano Boris Cepeda, que mora na Alemanha. O Equador pretende cada vez mais estreitar a cultura na região.

Envie um Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar
RSS