1ª fase do Genfest conta com o apoio de organizações da sociedade civil da Argentina, onde jovens inscritos no festival atuarão como voluntários

Participantes da 1ª fase do Genfest poderão contribuir voluntariamente em cinco OSC's argentinas que atuam nos segmentos da defesa dos direitos das comunidades indígenas, alfabetização para crianças e adultos e combate à pobreza

Publicado em
1ª fase do Genfest conta com o apoio de organizações da sociedade civil da Argentina, onde jovens inscritos no festival atuarão como voluntários

Publicado • 05/07/24 às 18:06h

Em contagem regressiva para o Genfest 2024, centenas de jovens brasileiros e de outras 43 nacionalidades já garantiram sua participação na primeira edição internacional do festival que, este ano, ocorre no Brasil. Na 1ª das três fases do evento, os jovens poderão atuar como voluntários em mais de 36 OSC’s (organizações da sociedade civil e comunidades sem fins lucrativos) do Brasil e de outros países da América Latina.

Participam da edição deste ano cinco OSC's da Argentina. Conheça um pouco sobre essas instituições, que atuam em diferentes segmentos de atenção a populações em situação de vulnerabilidade:

TEPEYAC – Desde 1986, a Equipe TEPEYAC responde à missão de caminhar junto com as comunidades indígenas – em especial da etnia Wichi - na busca de respostas alternativas de desenvolvimento dessas populações. Nesse sentido, a TEPEYAC tem como missão acompanhar e promover o desenvolvimento sustentável dessas comunidades; valorizar as suas culturas e fortalecer a sua organização coletiva e na relação com a sociedade como um todo.

Graças ao empenho da equipe, tem sido possível gerir projetos e acordos que têm permitido o crescimento material e da qualidade de vida das comunidades. Tais ações contribuem para fortalecer a autogestão e organização dessas comunidades.

Fundación Lucia – Por meio de um programa que promove Oficinas de Alfabetização para crianças e adultos, a Fundación Lucia busca atuar em respeito à realidade local mediante o diálogo e promoção da participação ativa dos setores envolvidos em áreas como educação, justiça e promoção social. O propósito final é que a população atende torne-se protagonista do seu próprio desenvolvimento. Saiba mais em: www.fundacionluciatucuman.org ou Instagram @ fundacion_lucia.

Asociación Civil Franciscana Pata Pila - Pata Pila é uma OSC que desde 2015 trabalha na solução de problemas que afetam a vida de famílias em situação de pobreza extrema e estrutural na Argentina. Hoje, conta com equipes interdisciplinares de profissionais que vivem e trabalham em comunidades indígenas da província de Salta e em bairros e assentamentos periféricos das províncias de Mendoza, Entre Ríos e Buenos Aires.

Com a implementação de programas para proteger a primeira infância, combater a desnutrição, empoderar e fortalecer a economia social, integrar as famílias no sistema público-privado, a instituição segue trabalhando ativamente na restituição do direito à saúde, à identidade, à habitação digna e ao acesso à água potável.

No Programa de Cuidados e Prevenção da Desnutrição, Pata Pila busca combater a desnutrição em crianças menores de 5 anos, com uma equipe de profissionais interdisciplinares cuidando e acompanhando de perto o estado de saúde de cada paciente. Saiba mais em: www.patapila.org; @patapilaok; @patapila. salta

Asociación Civil Nuevo Sol – A ACNS é uma associação sem fins lucrativos fundada em 20 de dezembro de 1988 com a missão de contribuir para a prevenção e resolução das consequências da pobreza. Nesse sentido, realiza o acompanhamento de famílias na relação com a comunidade em que se inserem, tendo em vista a descoberta de suas possibilidades de desenvolvimento.

Vários serviços são oferecidos pela instituição como oficinas de educação não formal, oficinas artísticas (música, teatro, desenho e pintura), desporto, informática, costura, tecelagem, yoga, dança e apoio escolar ao ensino básico, secundário e preparação para o ingresso na Universidade.

Um de seus espaços de atuação é a Casa del Niño que possui uma sala de jantar onde crianças até 14 anos tomam café da manhã, almoço e lanches. Já a Escola Primária para Adultos e o Programa FinEs funcionam também para a conclusão do ensino secundário para maiores de 18 anos. Já os centros contam com equipes técnicas compostas por um coordenador, um psicólogo e um assistente social.

Saiba mais em: Instagram @asociacioncivilnuevosol.

Um evento em 3 fases -  Com o tema “Juntos para Cuidar”, o Genfest 2024 está dividido em três fases: a 1ª, voltada à ação social, será realizada de 12 a 18 de julho ao redor do Brasil e em alguns outros países da América do Sul. A 2ª e 3ª fases do evento vão acontecer na cidade de Aparecida/SP, de 19 a 24 de julho. Mais informações es inscrições no site www.genfest.org.

Serviço - Inscrições e novidades do Genfest 2024 disponíveis no site www.genfest.org.  E se deseja fazer uma doação para transformar a realidade de jovens que sonham participar do Genfest, e não tem condições financeiras, faça pix no e-mail mfocolares@yahoo.com.br ou no Banco do Brasil (001), Agência 3583-1, Conta Corrente 4448-2, CNPJ: 05.056.796/0001-18, Favorecido: MOVIMENTO DOS FOCOLARES MARIAPOLIS GINETTA.

Bruna Briti - Assessoria de Imprensa do Genfest
Jornalista MTB 32.441. Tel. (12) 98218.3382 / Junho de 2024.

VEJA TAMÉM
GUIA
AMIGA 

Deixe um comentário

Dúvidas? Pergunte aqui.