Assembleia 2017, histórica participação popular da migração Boliviana em Brasil

Em outubro de 2017 foi escrita a participação popular democrática dos imigrantes bolivianos no dialogo de politicas publicas no estado de SP

Publicado em

Em 14 de outubro de 2017, a comunidade boliviana em Brasil registrou uma das atividades mais importantes na sua história participativa popular.

168 imigrantes bolivianos escreveram a história da comunidade boliviana no Brasil organizando a quatro mãos uma das atividades mais importantes na sua história participativa. Ativistas, representantes de associações e coletivos, reuniram-se no salão da igreja Nossa Senhora da Paz no bairro da Liberdade na cidade de São Paulo.

Foi histórica a organização e união demonstrada por cada um dos participantes que fizeram justiça as suas origens comunitárias.

Além das conclusões da assembleia foi confirmado que os BOLIVIANOS UNIDOS podem determinar seu futuro, econômico, social e cultural. Fomentando e organizando diálogos de alto nível na construção de politícas públicas em favor dos imigrantes e suas familias em Brasil.

EIXOS DE TRABALHO DA ASSEMBLEIA BOLIVIANA 2017

A pauta da Assembleia Boliviana 2017 teve a proposta de reunir ativistas bolivianos conhecedores das distintas problemáticas do setor, nos eixos:
- TRABALHO;
- VIOLÊNCIA;
- EDUCAÇÃO;
- FAMÍLIA;
- MORADIA;
- CULTURA;
- ESPORTE.


GT do eixo trabalho, dialogando e construindo propostas de politicas publicas no ambiente migratório.


Pe. Paolo Paressi (Missão Paz) celebra a organização popular e democrática dos coletivos bolivianos em prol das conquistas sociais dos imigrantes e suas famílias.

Entre as particularidades que fazem única a ASSEMBLEIA 2017, podemos destacar:

- Organizado pelos próprios imigrantes;

- Participação popular em todos os eixos;

- Assessória de 2 advogados para esclarecer as dúvidas dos participantes;

- Dialogo propositivo na construção de soluções dentro da conjuntura sócio-politica brasileira;

- Espaço de dialogo sem conflito nem enfrentamento dos participantes;

- Exposição e aprovação das propostas por aclamação;

- Reconhecido pelo governo boliviano, secretarias do estado de SP e ONGs brasileiras.


Debate e troca de experiências na procura de um consenso geral no ambiente migratório.


Plenário multissetorial da sociedade boliviana nos estados de, São Paulo, Rio de Janeiro, e Mato Grosso do Sul.


Assessória jurídica nas discussões nos GT (Grupos de Trabalho).


Sete eixos de debate e construção:TRABALHO; VIOLÊNCIA; EDUCAÇÃO; FAMÍLIA; MORADIA; CULTURA; e ESPORTE.


Decisões aprovadas por aclamação e voto popular dos ativistas, coletivos e instituições de imigrantes bolivianos em Brasil.

De lá pra cá muitos avanços foram realizados, entre eles podemos destacar a constituição organizacional em curso da federação boliviana no Brasil.

Em 2019 a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) elogia organização da comunidade boliviana em prol dos direitos humanos dos imigrantes no Brasil


O encontro entre a ADRB - Associação dos Residentes Bolivianos, BC - Bolívia Cultura, com a OAB aconteceu em junho de 2019. Saiba mais AQUI

fotos: Luis Chirmann

Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário