Bolívar enfrenta o Flamengo com o apoio fervoroso da torcida imigrante boliviana no Rio de Janeiro

Adversário desta noite é pedra no sapato do Rubro-Negro na competição sul-americana

Publicado em

Publicado em 15/05/24 às 12:27h

Com a imigração boliviana colorindo as arquibancadas, o Estádio do Maracanã se prepara para testemunhar um embate épico entre o Bolívar e o Flamengo nesta quarta-feira. Em um confronto que evoca memórias de duelos passados, os celestes entram em campo com o ímpeto de desafiar um histórico quase impecável do Rubro-Negro contra equipes bolivianas em seu próprio reduto.

HINCHAS-BOLIVAR

Apoiados por uma comunidade vibrante de imigrantes bolivianos, o Bolívar busca consolidar sua posição como líder do Grupo E da Libertadores. Este não é um desafio simples; é uma batalha contra as estatísticas e a história.

Promessa de Apoio "A LA ACADEMIA CELESTE BOLIVIANA"

Os imigrantes bolivianos prometem apoiar o Bolívar durante os 90 minutos do jogo. Um contingente menor, residente no Rio de Janeiro, garantiu seus ingressos semanas antes do confronto. Enquanto isso, bases da comunidade, originárias de São Paulo, têm organizado uma peregrinação em direção à Cidade Maravilhosa, alimentando o sonho coletivo de testemunhar uma vitória celeste.

Bolivar-x-Flamengo-Libertadores

Para muitas famílias, essa partida não é apenas um evento esportivo; é uma oportunidade de se reconectar com suas raízes. A maioria dos bolivianos em São Paulo vem do departamento de La Paz, conhecidos como "paceños". Para eles, apoiar o Bolívar é mais do que uma demonstração de lealdade esportiva; é uma maneira de se aproximar de sua terra natal e, por alguns momentos, matar as saudades que a distância impõe.

Desafio Histórico para o Rubro-Negro

O Flamengo, em situação preocupante no Grupo E, enfrenta um desafio familiar, mas não menos espinhoso. Com um retrospecto quase impecável contra equipes bolivianas no Maracanã, o Rubro-Negro tem uma tarefa complicada pela frente.

900x300-CASCAO

"Bolivaristas" como Pedra no Sapato

Os bolivianos têm sido uma constante pedra no sapato dos rubro-negros. Desde 1983, quando o Flamengo conseguiu sua última vitória sobre o Bolívar, os confrontos têm sido marcados por equilíbrio e, às vezes, surpresas desagradáveis para os cariocas. O único ponto perdido pelo Flamengo em casa contra equipes bolivianas na Libertadores foi justamente contra o Bolívar, em 2014, um resultado que complicou a trajetória do clube na competição continental.

Invencibilidade do Flamengo em Casa

Apesar dos desafios apresentados pelo Bolívar, o Flamengo mantém uma impressionante sequência invicta em casa na Libertadores desde 2019. Com 14 vitórias consecutivas e 25 jogos sem perder no Maracanã pela competição, o Rubro-Negro busca usar esse trunfo para garantir os três pontos necessários para suas aspirações de avançar às oitavas de final.

flamengo

Com a poeira da história e a paixão da imigração boliviana pairando sobre o Maracanã, o palco está montado para um confronto de proporções épicas, onde o destino do Grupo E da Libertadores será moldado pela determinação, pela torcida e pela busca pela glória continental.

VEJA TAMÉM
AMIGA GUIA

Deixe um comentário

Dúvidas? Pergunte aqui.