É preciso ultrapassar essa barreira de que a história negra e quilombola se restringe aos dias 13 de. maio e 20 de novembro

Viviane Luiz e Márcia Américo são doutoras em educação, educadoras sociais, feministas e articuladoras do Coletivo Mulheres Quilombolas na Luta.

Publicado em
É preciso ultrapassar essa barreira de que a história negra e quilombola se restringe aos dias 13 de. maio e 20 de novembro

No Vale do Ribeiro (SP), onde cerca de 50 comunidades estão situadas, elas vêm desenvolvendo pesquisas sobre educação escolar quilombola e maneiras de combater a opressão sofrida por mulheres negras.

Acesse e confira na íntegra a entrevista das autoras selecionadas pelo Edital Equidade Racial na Educação Básica: https://bit.ly/308SED7

Publicidade
Guia de Afroturismo 6360

Guia de Afroturismo

Feijoada, capoeira, quilombos... Cada cantinho e ingrediente do Brasil conta um pouco da história negra. Quer conhecer mais sobre culinária, roteiros turísticos negros e muito mais

Deixe um comentário