FSDHIIBr - Fórum Social Europeo de Migrações, Lisboa 2021: Webinar eixo 3, Migração, Direitos Ambientais, Sociais e Culturais

14 de janeiro de 2021 - Interseccionalidade das lutas pelo acesso aos direitos fundamentais e universais, as lutas feministas, LGBTQI+, antirracistas e ambientais.

Publicado em
 FSDHIIBr - Fórum Social Europeo de Migrações, Lisboa 2021: Webinar eixo 3, Migração, Direitos Ambientais, Sociais e Culturais

O Fórum Social de Migrações (FSM) nasceu em Porto Alegre, em 2004, como um eixo do Fórum Social Mundial, e tem como objetivo principal a construção de convergências e de modelos alternativos para uma governança participativa das migrações. Constitui-se em um processo horizontal, descentralizado e de autogestão, cuja dinâmica de construção e realização privilegia espaços para a discussão democrática, com troca de experiências, aprendizagens, produção acadêmica e articulação entre uma diversidade de atores sociais que atuam na temática das migrações e refúgio.

Ao longo destes mais de 16 anos desde suas origens o fórum já aconteceu no Brasil 2004 e 2016, na Espanha 2006 e 2008, no Equador 2010, Filipinas 2012, África do Sul 2014 e no México 2018. Foi a partir da última edição mundial, realizada no México, dezembro de 2018, que se optou pela realização, inédita, de processos regionais, sendo o primeiro Fórum Social Américas de Migrações realizado entre os dias 22 e 25 de outubro no Uruguai, na modalidade virtual. Ao todo 550 participantes de 352 organizações e 38 países estiveram presentes nas mais 30 atividades virtuais. Já o primeiro Fórum Social Europeu de Migrações está previsto para março de 2021 em Lisboa e será realizado na modalidade mista, envolvendo debates virtuais por eixos temáticos e os pré-fóruns presenciais, sempre seguindo as normas de saúde.

No eixo 3 do fórum social europeu de migrações a temática será debatida numa perspectiva interseccional das lutas pelo acesso aos direitos fundamentais e universais, as lutas feministas, LGBTQI+, antirracistas, anti-islamofóbicas, ambientais, climáticas, defesa da ciência, da educação e da cultura; direito à vida e à saúde universal e gratuita.
Para garantir seu ingresso inscreva-se:
https://cutt.ly/hhLzhwz14

Deixe um comentário