Mãe que ficou na Bolívia é a força que alimenta os sonhos de Giobani

Giobani de (21) anos nascido na cidade de La Paz na Bolívia, chegou em São Paulo em dezembro de 2019 com o sonho de uma vida melhor, provando sorte na área têxtil. A pandemia quase o fez desistir dos seus sonhos porem a retomada da economia brasileira tem trazido novas esperanças para o jovem boliviano.

Publicado em

Giobani que morou no bairro de “Villa Adela” na cidade de La Paz tem enorme saudades pela mãe (Chrsitina) que não chegou a se despedir do filho no dia da sua partida, visivelmente emocionado Giobani pediu para a progenitora ficar tranquila já que o trabalho promete melhorar cada dia mais em Brasil.

O jovem boliviano tem duas metas em terras brasileiras, a primeira de conquistar um dinheiro que possa ajudá-lo a abrir um negócio na Bolívia, a segunda de manter a sua saúde em dia já que sofre de “hidrocefalia”, motivo que não o impede em nenhum momento correr atrás dos seus sonhos.

A Hidrocefalia é o cúmulo de líquido nas cavidades internas do cérebro. O fluido extra exerce pressão sobre o cérebro e pode causar danos cerebrais. É mais comum em crianças e idosos sofrendo dores de cabeça, comprometimento da visão, dificuldades cognitivas, perda de coordenação motora e incontinência.

A entrevista foi registrada na Rua Coimbra no Bairro do Brás em São Paulo, na tarde de domingo (30) de agosto de 2020.

Publicidade

Deixe um comentário