Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.

A comunicação é considerado um dos problemas principais entre os imigrantes e a PM, o aprendizado do português por parte dos imigrantes ajudará a melhorar a qualidade da segurança em regiões onde existem concentrações de imigrantes hispano falantes na cidade de São Paulo.

Publicado em

Iniciativas que capacitem ao imigrante no aprendizado do idioma português são fundamentais para a melhor inserção deles na sociedade brasileira.

O aprendizado da linguá portuguesa ajuda ao imigrante a distanciá-lo da violência e da dependência de terceiros para a conquista plenas dos seus direitos.

Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.
No ano de 2015 imigrantes procuraram sua qualificação no ambiente da gastronomia, realizando o curso “manipulação de alimentos” pelo sistema a distância da ANVISA - Uma vitória para imigrantes empreendedores, que fazendo uso do português conquistaram a qualificação tanto almejada, adquiriendo o conhecimento que ajudou a serem inseridos num mercado tão competitivo. A iniciativa foi do Restaurante UTAMA & BOLÍVIA CULTURAL. (Fotos - BC).

Conhecimento da língua, história e instituições do país anfitrião é indispensável para uma integração exitosa!

Soma-se, ainda, a essa mobilidade forçada a fragilidade das escolhas realizadas no percurso de migração, um processo geralmente feito em caráter de urgência e sem muito planejamento. Assim, os imigrantes chegam ao novo país em situação de vulnerabilidade social, normalmente com recursos financeiros escassos e desgastados pelo processo migratório, condição agravada ainda mais pelo rompimento dos laços familiares, linguísticos e culturais.

Ao chegarem ao país de acolhimento, esses imigrantes enfrentam dificuldades de toda ordem na tentativa de estabelecerem-se na nova sociedade: procurar moradia, conseguir trabalho, adaptar-se ao clima e à cultura local, sem contar com a questão do preconceito étnico-racial, que em algumas regiões do Brasil ainda é presente. O maior obstáculo para essa integração, no entanto, está na questão linguística, pois a grande maioria desses imigrantes chega ao Brasil com pouco ou nenhum domínio da língua portuguesa.

Assim, além de não terem apropriação do idioma, muitos não conhecem a cultura do país de acolhimento, o funcionamento dos serviços públicos, das leis trabalhistas, o que gera insegurança e medo, e, consequentemente, inibe as tentativas de interação com os brasileiros.

O aprendizado da língua portuguesa como língua de acolhimento torna-se, então, o primeiro passo para a efetiva inclusão social desses sujeitos, para a construção da cidadania e para a reconstrução da própria identidade. Tal conceito vai além da perspectiva linguística e cultural e refere-se também ao caráter emocional e subjetivo da língua e à relação conflituosa presente no contato inicial do imigrante com a sociedade de acolhimento.


Nessa concepção, apropriar-se da língua oficial do novo país possibilita ao imigrante compreender e ser compreendido, isto é, permite-lhe incluir-se no país de acolhimento, pois “um conhecimento básico da língua, história e instituições do país anfitrião é indispensável para a integração, e possibilitar que os imigrantes adquiram este conhecimento básico é essencial para uma integração exitosa”.

O ensino da língua portuguesa como língua de acolhimento, além dos conhecimentos linguísticos, deve priorizar a especificidade de seu público. A própria denominação sugere um olhar voltado ao ser humano, no sentido de “acolher” as diferenças, de respeitar as características de cada um e de valorizar sua cultura, em uma postura de empatia e alteridade.

A língua de acolhimento promove a abertura para a diferença e a diversidade no Brasil, dada pela riqueza apresentada nos cursos devido à heterogeneidade linguística e cultural dos alunos.

CURSOS GRATUITOS DE PORTUGUÊS PARA IMIGRANTES EM SÃO PAULO

Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.
Curso virtual GRATUITO de Português para imigrantes e refugiados.

Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.
Cursos de Português para imigrantes da Missão Paz

Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.
Cursos gratuitos: Direcionados a imigrantes em São Paulo

Comunicação em português deve ser aprimorada entre imigrantes com a Polícia Militar no estado de SP.
Curso gratuito de português para imigrantes

VEJA TAMBÉM
Consulado boliviano atende neste sábado 12 de março de 2022
Mulher policial (GCM) pede para as imigrantes denunciar a violência contra elas
Consulado boliviano atende neste sábado 12 de março de 2022

Publicidade

Deixe um comentário