Machu Picchu - O Santuário Histórico que irradia energia

“Na variedade de seus encantos e o poder de seu feitiço, não conheço outro lugar no mundo com o que possa ser comparado”, foi o que comentou Hiram Bingham, o explorador estadunidense que em 1911 redescobriu a cidadela de Machu Picchu. E agora, esta Maravilha do Mundo Moderno é um dos destinos mais visitados na América.

Publicado em

Localizada no topo de uma montanha no meio de um bosque tropical, é considerada a atração turística por excelência no Peru. O santuário histórico é um lugar que cativa ao turista não apenas pela sua deslumbrante beleza arquitetônica, mas também pelo seu importante legado histórico-cultural, que o levaram a ser reconhecido e admirado no mundo inteiro.

Declarado Patrimônio Cultual e Natural da Humanidade em 1983 pela Unesco, é provavelmente a construção arquitetônica mais surpreendente do Império Inca. Esta cidadela está formada por templos, palácios, terraços, monumentos, complexos e muralhas; além de canais de água, construídos com grandes blocos de pedra, sem nada que os ligue, prova da grande sabedoria da civilização incaica.

Cercado de bosques na província de Urubamba (Cusco), Machu Picchu recebe aproximadamente 1,5 milhão de visitas anualmente. Possui uma extensão maior aos 30 mil hectares, nos que é possível encontrar uma variada flora e fauna, assim como áreas verdes, montanhas íngremes e picos nevados.

 Torreão do Templo do Sol em Machu Picchu
O Torreão do templo do sol na cidadela de Machu Picchu.

História de Machu Picchu

Localizada no coração dos Andes peruanos, a sagrada cidadela inca construída ao redor do ano 1450 e descoberta em 1911, ainda esconde enigmas e mistérios sobre seu real propósito, continuando ocultos até o dia de hoje e que despertam o interesse tanto de visitantes como de arqueólogos do mundo todo.

CAMI - Live América Indígena: Identidades e Resistências

Devido a sua estratégica localização no topo de uma alta montanha, existem diversas teorias sobre o que pôde significar para os incas. Algumas sustentam que foi construída como um grande mausoléu para o inca Pachacútec, enquanto outras afirmam que foi um importante centro administrativo e agrícola cujas áreas de cultivo serviram para o sustento de seus habitantes. No entanto, também se considera que foi utilizado como um necessário nexo entre os Andes e a Amazônia peruana ou como uma residência de descanso para o governador inca.

A verdade é que Machu Picchu forma um dos maiores símbolos do que foi a impressionante arquitetura e engenharia do Império Inca. Ainda que sua origem continue sendo objeto de estudo, o valor e transcendência que representou em sua época, assim como seu imponente desenho, lhe concederam o reconhecimento de ser considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Foi por ordem do Inca Pachacútec que sua construção foi realizada.
Foi por ordem do Inca Pachacútec que sua construção foi realizada.

Locais de interesse em Machu Picchu

Durante o percurso pelo santuário, você é testemunha das atrações mais fascinantes e incríveis. Cada uma com sua própria história e significado, mas todas donas de uma grande beleza arquitetônica.

Em total, existem aproximadamente 196 pontos turísticos dentro da cidadela entre complexos arqueológicos, praças, templos, fontes de água, monumentos e residências; todos entrelaçados entre si e com o entorno natural.

Ao percorrer Machu Picchu, podem observar-se dois setores bem marcados e divididos por um muro de aproximadamente 400 metros de comprimento: um orientado para fins agrários e outro mais urbanístico. A área agrícola se caracteriza pela presença de terraços ou plataformas que serviam para o cultivo de diversos alimentos. Muito próxima a esta área, encontram-se algumas pequenas casas que puderam ser moradas dos agricultores.

Por outro lado, no centro urbano está a Residência Real, que era a vivenda mais fina, extensa e melhor distribuída do lugar; a Praça Sagrada, principal recinto cerimonial da cidade, a Pirâmide Intihuatana, onde está localizado o grande relógio solar; o Grupo das Três Portas (Grupo de las Tres Portadas), conjunto de construções formado por três grandes portais e o Grupo do Condor, que inclui templos de uso cerimonial.

CAMI - Live América Indígena: Identidades e Resistências

Flora e fauna

Nem tudo é história e cultura neste santuário. Machu Picchu abriga uma variada e exótica biodiversidade. Isto graças a sua localização: entre os Andes e a Amazônia peruana, o que permite que diversas espécies possam desenvolver-se. Além disso, possui o rio Urubamba que o atravessa de leste a oeste.

Esta área natural é habitat de espécies como a raposa andina, puma, vizcacha (espécie de lebre), urso-de-óculos, veado-de-cauda-branca, entre outros. Além de mais de 420 espécies de aves, das que se destacam o galo-da-serra-andino e o condor andino. Além disso, em Machu Picchu encontram-se aproximadamente 377 espécies de borboletas, 15 de anfíbios e 25 de répteis, dos quais 7 são tipos de lagartixas e 16 serpentes.

Esta maravilha do mundo moderno possui mais de 30 mil hectares com áreas verdes, montanhas íngremes, picos e montes nevados. Assim como, espécies de árvores como o amieiro, o cipreste-português, a quina, o yanay e o loureiro; além de bosques de unca, queñua e t’asta.

Um mundo de orquídeas

Estas flores merecem uma menção à parte, pois em Machu Picchu foram registrados 370 tipos, o que equivale a 20% das espécies identificadas no Peru. As orquídeas se encontram nas trilhas e caminhos que cruzam o santuário; assim como em uma reserva natural próxima ao rio Vilcanota. Aqui se encontra a maior coleção de orquídeas nativas do mundo, de acordo ao American Orchid Society.

Orquídeas no Santuário

Como chegar a Machu Picchu?

fonte: texto - peru.travel
vídeo: Além das Férias

CAMI - Live América Indígena: Identidades e Resistências

Publicidade
Semiótica do Desenho  Andino 2510

Semiótica do Desenho Andino

O caráter de síntese que qualifica o Pensamento Andino conduziu ao manejo da composição a uma forma de ordenamento do espaço, na qual se conjugam os aspectos visuais,...

Deixe um comentário